Saiba mais sobre Caleb Holloway e a plataforma Deepwater Horizon

Como muitos sabem, Dylan O’Brien está trabalhando em um novo projeto junto com atores como Gina Rodriguez (Jane the Virgin), Mark Wahlberg (Ted) e Kate Hudson (Pronta para Amar). Após o final das gravações da primeira parte da 5ª temporada de Teen Wolf, Dylan se dirigiu à New Orleans no último dia 7 de Junho para incorporar seu novo personagem. Como se trata de uma história real, nós, do Dylan O’Brien Brasil, pesquisamos sobre o desastre que deu origem ao filme para informar melhor os fãs sobre o que será o novo projeto do ator. Prontos?

Deepwater Horizon será uma adaptação cinematográfica do triste acidente que aconteceu no Golfo do México em 20 de Abril de 2010, quando a plataforma de petróleo que dá nome ao filme sofreu uma explosão, gerando o pior vazamento de petróleo da história. Dylan interpretará Caleb Holloway, o membro mais jovem da tripulação, que sobrevive ao incêndio, mas fica devastado por perder a maioria de seus companheiros. Em Dezembro do mesmo ano, Caleb concedeu uma entrevista ao The New York Times, onde se emociona ao contar sobre o que viveu na plataforma. Assista abaixo:

No vídeo, Caleb conta como estava animado ao chegar na plataforma e iniciar seu novo trabalho em 2007.

Nós pousamos lá e estava tudo tão limpo, tão legal. Era incrível.

Ele diz que trabalhava por longas horas, mas que a Transocean (companhia à qual pertencia a plataforma) era meticulosa quanto à segurança dos funcionários. A tripulação estava tão animada com o novo emprego, que gravou clipes em que eles aparecem cantando sobre o trabalho e a importância de se manterem seguros. Nesses clipes, podemos ver alguns dos membros da equipe que não sobreviveram ao incêndio. Caleb se emociona ao falar do relacionamento entre os tripulantes, dizendo que se sentiam como irmãos.

Holloway relembra o momento em que tudo começou: ele estava no andar de perfuração com Adam Weise, quando seu chefe chamou seu colega pelo rádio. Aquela foi a última vez que Caleb viu Adam. Ao se dirigir para a plataforma principal, ele notou o vazamento de petróleo e retornou para o andar de perfuração: havia óleo jorrando para todos os lados.

Estava simplesmente em todo lugar. Estava explodindo tão intensamente e caía por cima de tudo.

Caleb foi treinado para emergências, mas não desse tipo. Ele tentou contatar seu chefe pelo rádio, mas não conseguia uma resposta. “Eu não sabia o que fazer”, acrescentou. Nessa hora, ele começou a sentir o cheiro de gás:

Tinha gás em todo lugar, eu senti, eu cheirei, e eu sabia que aquilo era ruim. Foi aí que eu entrei em pânico. Fui até Daniel e falei “Daniel, isso é gás, nós temos que sair daqui!”

O alarme começou a tocar para que todos saíssem imediatamente da plataforma. Enquanto Caleb e Daniel se dirigiam ao deque em que estavam os botes salva-vidas, as luzes se apagaram e eles ouviram a primeira explosão. Holloway guiou parte da tripulação em direção aos botes, o deque começou a pegar fogo e só lhe restou pular de 18 metros de altura em direção à água. Caleb foi um dos últimos a alcançar o bote salva-vidas.

O fogo era intenso e o calor também, as pessoas estavam
preocupadas com a possibilidade da plataforma cair e atingir o bote. Eu
ficava olhando ao meu redor e perguntando a todos “Você viu o Adam? Você viu o Carl?”

Na manhã seguinte, os sobreviventes retornaram às suas respectivas casas.

As pessoas vinham aqui e ficavam perguntando “Você está bem? Você está bem?”,
e eu respondia “Só me dê um minuto, eu preciso de tempo”. Eu realmente não estava bem.

A plataforma vazou petróleo diretamente no mar por 87 dias e afundou depois de 36 horas pegando fogo. 11 membros da tripulação faleceram.

Se tem algo que podemos definitivamente esperar desse filme, é emoção. Resumidamente, o motivo principal do desastre foi falta de comunicação. A causa básica foi que o poço de petróleo não foi lacrado como deveria e o óleo vazou em meio aos buracos do cimento, que não foi aplicado corretamente. Foram múltiplos os erros humanos e em vários momentos o desastre poderia ter sido evitado, já que desde 2 dias antes do acidente já tinham sido cometidos erros que, junto com muitos outros detalhes, acarretaram à essa terrível explosão.

Encontramos um documentário muito bacana exibido pelo National Geographic Channel, que mostra uma simulação dos fatos e toda a investigação por trás da plataforma Deepwater Horizon. Não é grande e vale muito a pena assistir!

Esperamos que vocês, assim como nós, estejam cada vez mais ansiosos pelo filme. Hoje foi divulgada a primeira foto de Dylan O’Brien com uma fã no set de gravações, em New Orleans, veja:

Continue nos acompanhando para ficar por dentro de todas as novidades dessa mega produção!

Essa matéria foi escrita pelo Dylan O’Brien Brasil.
É proibida a reprodução total ou parcial sem prévia autorização da equipe.