Dylan O’Brien interpreta heroi em Horizonte Profundo – Por Raquel Zambon


A jornalista brasileira Raquel Zambon teve a oportunidade de assistir Horizonte Profundo – Desastre no Golfo antes mesmo da estreia nos EUA, a sessão aconteceu em Los Angeles, cidade onde a jornalista reside atualmente.

Raquel nos enviou um Feedback assim que saiu da sala de cinema, compartilhando conosco sua emoção.

 

 

Como fã do Dylan, Raquel aceitou escrever uma resenha para o DOBR, no qual ela compartilha sua experiência, fala um pouco sobre a história da plataforma e o que podemos esperar do personagem de Dylan O’Brien, personagem esse totalmente diferente do que ele já fez até o momento. A ansiedade só aumenta! Confira:

Horizonte Profundo estreou nos Estados Unidos no dia 30 de setembro. Como fã incondicional do Dylan, fiquei muito feliz quando soube que teria a oportunidade de assistir ao filme em uma screening especial da Lionsgate, antes da data de estreia oficial!

A screening aconteceu no dia 21, no Landmark Theatres em Los Angeles. Hoje, compartilho com vocês alguns detalhes do filme e a minha emoção em ver Dylan neste importante papel!

Para quem não conhece a história do acidente da Deepwater Horizon, um resumo: a plataforma móvel foi criada em 2001 e tinha como função o perfuramento de poços de petróleo no subsolo marinho. Em 2010, a Deepwater Horizon estava explorando um poço no Golfo do México quando explodiu, causando a morte de 11 trabalhadores e trazendo bilhões de dólares em prejuízo para os Estados Unidos.

Nosso Dylan interpreta o heroi Caleb Holloway, que se juntou ao time da plataforma em 2007. Holloway, com 28 anos na época, foi um dos primeiros respondentes para o vazamento de óleo que deu início às explosões. Ao tentar parar o vazamento, Holloway descobriu que o problema era muito maior do que ele poderia controlar – sentindo cheiro de gás, ele saiu da área de risco junto com o colega Dan Barrow. Os dois foram os únicos membros do time de perfuração a sobreviver.

14721487_1201795119859690_3956581545387008044_n

Divulgação de Horizonte Profundo em Los Angeles.
Mesmo que alguns dos sobreviventes tenham questionado detalhes sobre a forma com que a história foi retratada no filme, é fato que Horizonte Profundo honra a memória daqueles que perderam a vida durante as explosões. Com cenas de ação de tirar o fôlego do público (como a tensa sequência entre o início do vazamento e a primeira explosão na plataforma), Horizonte Profundo é uma lição de coragem e de luta pela sobrevivência. O filme mostra que pessoas comuns também são capazes de atos de heroísmo: ao verem os colegas em situação de risco, os trabalhadores da plataforma arriscaram suas vidas para ajudar uns aos outros, o que fez com que o número de mortes da tragédia fosse menor do que poderia vir a ser.

Horizonte Profundo vale a pena por misturar drama com ação na medida certa. Os diálogos rápidos e bem-humorados entre os personagens dão ritmo para a história e fazem toda a diferença. Além disso, é impossível não amar um filme com a participação de Dylan O’Brien! Entretanto, os fãs devem ir ao cinema preparados: Dylan não aparece em tantas cenas quanto gostaríamos, fazendo uma participação secundária na história. De qualquer maneira, cada cena com Dylan na telinha é especial e faz o filme valer ainda mais a pena!

Horizonte Profundo chega aos cinemas brasileiros em 10 de novembro. Filme recomendadíssimo!

O DOBR quer saber: Quão ansiosos vocês estão para Horizonte Profundo? Compartilhem conosco através de nossas redes sociais!

Publicado por Priscila Silvestrone em 13.10