“O aspecto emocional dele é maravilhoso” diz Dylan O’Brien sobre Mitch Rapp em matéria do site Den Of Geek

Setembro está chegando e estamos cada vez mais próximos de finalmente ver Dylan O’Brien quebrando tudo como Mitch Rapp, o perturbado protagonista de American Assassin.

A divulgação da adaptação cinematográfica está a todo vapor e o jornalista Ryan Lamble, do site Den Of Geek, postou uma matéria sobre sua visita ao set do filmagens. A matéria é bem detalhada e conta com entrevistas com o diretor Michael Cuesta e os atores do filme. Você pode lê-la completa neste link.

O DOBR fez um resumo com os pontos mais importantes da matéria:

As filmagens de American Assassin começaram em setembro e o autor da matéria estava presente numa sequência tensa que foi gravada em outubro, num armazém escuro no lado oeste de Londres, mas que foi construído para representar um túnel sob algum lugar de Roma.

A atmosfera das gravações era alegre especialmente devido a Lorenzo di Bonaventura e Dylan O’Brien. Desde as primeiras filmagens vistas, American Assassin é claramente um filme violento e triste, mas as risadas e brincadeiras eram diárias no set.

Depoimento de Dylan sobre o personagem: “Eu sempre penso muito em como quero interpretá-lo; o aspecto emocional dele é maravilhoso – ele guarda tudo o que aconteceu com ele. Você vai ver um cara lidar com as consequências de uma fase dramática da vida dele. Isso o transforma completamente. É fascinante assistir como Hurley tenta ensinar Mitch a tirar o lado pessoal, tirar a emoção, explicar que é um trabalho. É o que fazemos. Ir atrás dos terroristas só vai direcionar a um caminho horrível e você não vai morrer da maneira que espera morrer. Acho muito fascinante que esse cara super novo vai atrás disso por vingança. Ele quer justiça pro que aconteceu com ele”.

Dylan, apesar de magro, é bem convincente como um lutador habilidoso.

Mitch, apesar de se virar bem numa luta e ser bom atirador, ele não é exatamente a máquina de matar que a CIA está procurando. E ainda, a relação dele com Hurley não é lá aquelas coisas: a antipatia entre eles é grande porque um não aprova a filosofia do outro.

É bem fácil ver por que Dylan O’Brien foi escolhido para o papel: ele consegue interpretar o papel muito bem e fazer a parte de ação, mas ainda tem uma vulnerabilidade nele que encaixa no papel e uma facilidade de se cativar por ele.

Dylan O’Brien aparenta ser muito realista e pensativo. Ele estava almoçando enquanto conversávamos sobre seu personagem e sobre armas de fogo em filmes. Nota importante: era sete de novembro e estávamos a um dia da abertura das eleições norte-americanas. Havia um medo prolongado que Trump pudesse de fato ganhar. “Desligue isso e eu direi exatamente o que penso sobre Trump”.

American Assassin foi filmado, além de Londres, em Birminghan, Glasgow e Roma.

O Assassino: O Primeiro Alvo estreia nos cinemas brasileiros em 21 de Setembro.