RESULTADOS:


Dylan O’Brien foi indicado ao prêmio de Best New Film Actor (melhor ator de um lançamento) por sua atuação no filme The Maze Runner, lançado recentemente nos cinemas. O New Now Next Awards é realizado pela Logo TV, canal americano de televisão por assinatura.

Dylan concorre com os atores Chris Pratt (Guardiões da Galáxia), Ansel Elgort (A Culpa é das Estrelas), Ellar Coltrane (Boyhood) e Miles Teller (Whiplash). Para votar basta acessar o site oficial.

A premiação acontece no dia 7 de dezembro, domingo, em Miami Beach – Flórida.

Publicado por Arthur Aguilhar em 02.11

O elenco principal de Maze Runner, Dylan O’Brien, Thomas Brodie-Sangster e Will Poulter, se encontrou com o site Gone With The Movies para discutir sobre seus personagens e os bastidores do filme. Veja o que Dylan disse na entrevista:

 

Dylan, como é que você se aproxima de um personagem que não tem lembranças de quem ele era?

Minha coisa favorita sobre ele é a descoberta. O público é capaz de assistir a um personagem e descobrir as coisas que ele nunca soube sobre si mesmo. Eu amo que Thomas começa como o novato – como o “Greenie“, e a audiência tipo que experimenta isso também. Através de sua perspectiva, obviamente, e aprendem como ele vive e, depois de vê-lo, descobrir qualidades de liderança e as reais qualidades que ele tem é uma coisa muito legal. A maneira como você se aproxima dele eu acho que tem que ser da meneira mais honesta possível. Isso é tudo com o que você tem que trabalhar nesse tipo de situação. 

Como você se sente sobre o seu crescimento como ator e assumir um projeto tão grande?

Eu me sinto muito confortável. Desde o primeiro dia eu amei o roteiro, eu adorei a história e eu pensei que poderia ser algo muito legal, algo interessante e original nesta geração de tipos de projetos regurgitados, trilogias e coisas assim. Então, eu tenho orgulho de ser parte de algo que parte desse ponto de vista. A primeira coisa que eu vi também foi que esses caras [Thomas Brodie-Sangster e Will Poulter] estavam ligados ao filme, Kaya também – com os três eu ficava tipo “eles são atores muito fortes eu gosto disso, é impressionante”. Então, encontrando com Wes e vendo toda a sua visão para o filme, era apenas fácil sentir-se confortável com todo o elenco que me rodeia.

Muito CGI* por toda parte, como você conseguiu filmar assim?

Bem, sempre que tínhamos que fazer coisas assim, Wes ficava tão animado a medida que falava com você sobre todas as coisas. Ele descreve o que está lá fora de tal forma que você deseja rachar aquilo. Mas ajuda muito, ele é tão detalhado. Ele poderia ficar tipo “ele está vindo para você, PEEW PEEW AHH!” Mas você conseguia entender o que estava acontecendo, e depois também nós apenas tivemos uma grande sensação de mundo real onde estávamos filmando. Como a Clareira, eles constroem essa coisa toda geograficamente. Toda a coisa que você vê no filme é exatamente daquele jeito. Nada está enganando, aquele é o mundo em que nós filmamos todos os dias e, na verdade, tinha a porta lá para ir para o labirinto, a caixa no chão, nós tínhamos uma casa na árvore, e eles ainda plantaram um milharal! – Parecia muito real e, em seguida, os efeitos visuais são apenas a cereja no topo do bolo. Eu acho que foi muito importante para Wes ter esse ambiente real e nos fazer sentir como se estivéssemos realmente no lugar projetado. Ele estava indo apenas para cuidar dos efeitos visuais no fim e ele realmente tinha um jeito de articular, ele pode, literalmente, pintar um quadro para você, e ele desenhou esboços, que estão incríveis! Em um certo ponto, nós estávamos em um estacionamento no final da estrada em Louisiana, tínhamos uma tela azul ao longo da parede e uns pólos laranja que eu e Ki Hong Lee (Minho) fomos andando por eles. Em um certo ponto eu só atravessei por ali e Wes transformou nisso [o que você vê na tela].

Existem histórias cômicas que você poderia compartilhar, do que aconteceu no set? 

Dylan: Era como estar em um acampamento de verão com dez dos seus melhores amigos. Uma das minhas memórias favoritas sempre é que todos nós tínhamos armas BB**, mas eu decidi pegar uma M16**

Will: Era do tamanho de um sofá! Era a maior arma que eu já vi na minha vida, e sem aviso prévio e já com equipes divididas, todos nós estávamos correndo com pistolas e outras coisas. Mas Dylan saiu no corredor – como uma espécie de Scarface*** livre de drogas – e borrifa o corredor, eu estava tipo ‘Eeeeeh!’ – levando várias balas de M16 BB nas costas, era uma boa brincadeira, e manter de alguma forma isso em segredo era o melhor.

Dylan: Foi tão difícil para mim não contar a ninguém. Lenta, mas seguramente, Thomas entrou no meu quarto e eu fiquei tipo *sussurra* “Eu tenho que te mostrar uma coisa”… Então eu mostrei, mas ficava tipo “você não pode dizer a ninguém, eu vou usar isso quando jogarmos hoje à noite”. Alex [Flores] estava tipo “venha aqui rápido”, então ambos tinham que ser do meu time por esse motivo. Mas Alex teve que ir para o seu time sabendo sobre essa grande arma e ele estava tipo “ok, vamos lá”. Mas um segurança, literalmente, veio em um momento, e foi a coisa mais doce enquanto eram umas das duas da manhã e estávamos correndo em torno do hotel atirando com as nossas armas. Mas nós éramos os únicos no hotel, por isso estava tudo bem. Mas o segurança surgiu como se tivesse havido algum tipo de queixa. Nós imediatamente falamos tipo “ah não, nos desculpem” – como se estivéssemos em apuros. Mas ele estava tipo “vocês ensaiando, tudo bem, vocês acham que podem fazer menos barulho? Por quanto tempo vocês pretendem fazer isso?”. Chocados, falamos tipo “Uma hora ou mais?”…

Will: Ele foi tão gentil! Ele disse “eu posso organizar um lugar onde vocês podem jogar, tipo uma sala de conferência?” – Mas nós dissemos que não, que assim era melhor pro filme e tal… Aí ele saiu e nós dissemos “ok, vamos voltar ao início!” Haha. Mas aquele foi um momento ótimo, muito divertido.

 

CGI – Sigla para Computer Graphic Imagery (imagens geradas por computador).

** BB e M16 – Armas usadas em paintball.

*** Scarface – Filme sobre um imigrante cubano que tenta formar um império de tráfico de drogas.

 

Tradução e adaptação: Equipe Dylan O’Brien Brasil.

Publicado por Arthur Aguilhar em 23.10

Na última semana, a revista inglesa Radio Times publicou em seu site uma entrevista feita com o elenco de The Maze Runner em agosto, quando os atores estiveram em Londres para divulgar o filme. Nela, os atores contaram o que diferencia a trilogia de James Dashner dos outros sucessos da linha jovem-adulto. Confira a matéria:

 “Filmes devem surpreender as pessoas”, diz o elenco enquanto a história de James Dashner conquista as telonas.

A adaptação cinematográfica do livro de James Dashner, The Maze Runner, já faturou mais de US$175,000,000 nas bilheterias mundiais e, como vai estrear no Reino Unido essa semana*, esse valor deve subir ainda mais. Isso me deu a oportunidade perfeita para conversar com o elenco do diretor Wes Ball, que inclui Dylan O’Brien, de Teen Wolf, Will Poulter, de We’re The Millers, e Kaya Scodelario, de Skins.

A história fala de um grupo de jovens garotos (e, eventualmente, uma garota) que, depois de ter suas memórias apagadas, acabam no meio de um labirinto sem saber como sair. São os designados Corredores, que tentam descobrir se há uma saída. Mas eles irão se deparar com monstros mecânicos assassinos na expectativa de sair da Clareira e poderão ficar presos no meio do labirinto caso não consigam voltar até que as portas se fechem todas as noites. Até a chegada de Thomas (O’Brien), que parece ser capaz de se lembrar mais de sua vida anterior, não parecia que eles realmente poderiam escapar.

The Maze Runner é o mais novo em uma linha de histórias de ficção distópica jovem-adulta que faz sucesso nas telonas. A sequência, The Scorch Trials, já está em andamento. Mas o elenco me conta que The Maze Runner oferece algo um pouco diferente em relação a Divergente e Jogos Vorazes, porque não é sobre romance – é tudo sobre bromance**.

“Eu queria que estivéssemos todos aqui, porque aí você veria o efeito disso”, disse O’Brien quando conversei com ele em Londres. “Eu e Will [Poulter] fomos bromânticos desde o início… Nós todos somos muito bromânticos uns com os outros”.

“O filme inteiro é muito bromântico. Agradeço à Deus pela Kaya, caso contrário ele poderia se chamar The Bromance Runner“, ri Poulter.

Scodelario, que diz que o afastamento de um enredo romântico foi o que a atraiu para o filme, acrescenta:

Eu acho que os filmes devem ser sempre sobre surpreender e chocar pessoas e fazer as coisas de forma diferente.

 

Tradução e adaptação: Equipe Dylan O’Brien Brasil.

* O filme estreou no Reino Unido no dia 10 de outubro.

** Expressão utilizada para designar um relacionamento íntimo entre amigos; grande amizade.

Publicado por Arthur Aguilhar em 13.10

 Matéria: METRO

Tradução e adaptação: Equipe Dylan O’Brien Brasil

Se você ainda não ouviu falar de Dylan O’Brien se prepare. Esse cara é próxima grande estrela das telonas.

Mesmo já tendo um exército de fãs, Dylan está sendo reconhecido mundialmente por interpretar Thomas na recém lançada adaptação da franquia de livros infanto juvenil -‘ The Maze Runner: Correr ou Morrer’. Aqui está listado tudo o que você precisa saber sobre o ator de 23 anos que está sendo a grande aposta de sucesso dos produtores de Hollywood.

1. Antes de atuar, Dylan postava vídeos no YouTube.
Ele se recusa a deletar os vídeos mesmo envergonhando-o.

Clique aqui e aqui para assistir alguns deles.

2. Ele tem 2,17 milhões de seguidores no Twitter (e há muito mais por vir).

Mais do que celebridades consagradas do cinema, como Chris Evans e Tom Hiddleston, possuem.

3. E seus Tweets são bem populares.

“@dylanobrien: Um novo pôster de #MazeRunner foi lançado!!!! Confira clicando aqui : ) participação incrível @jenniferlawrence”

4. Ele interpreta Stiles em ‘Teen Wolf’.
Inicialmente quando Dylan foi chamado para a audição de Teen Wolf ele possuía somente dois vídeos no YouTube para o seu currículo. Era para ele interpretar Scott mas quando pediu para ler a descrição de Stiles insistiu no personagem e ganhou o papel.

5. Ano passado ele foi o sexto ator mais reblogado no Tumblr.
Certamente por sua notoriedade em Teen Wolf e sua amizade notável com o restante do elenco já com carreira estável.

6. Ele costumava tocar bateria em uma banda chamada ‘Slow Kids at Play’.
Eles têm um novo baterista agora, mas Dylan contínua apoiando seus antigos colegas de banda e vice versa.

7. Ele se descreve como “um fã obcecado do Mets” – famoso time de baseball americano.
Então imagina seu desespero quando isso ocorreu!

“‘@Mets: Fãs do @dylanobrien, nós te escutamos… #primeiropassododylan. Dylan, nos mande uma mensagem privada, vamos conversar. #LGM #poderoutwitter’ uhhhh O QUE?!”

8. Ele fez uma participação memorável em um episódio de ‘New Girl’.
Mas não se preocupe, ele shipa* Nick e Jess.

9. Ele provou seu status de destruidor de corações no filme ‘The First Time’.
Dylan nos impressionou como Dave no longa, uma comédia romântica escrita e dirigida por Jon Kasdan. Ele mostrou saber lidar com seu charme.

10. Ele namora com Britt Robertson desde 2012.
Talvez seja por isso que ambos mostraram tanta química ao atuarem juntos em The First Time.

11. Ele é um grande amigo de seus colegas de elenco de ‘The Maze Runner’.
É um bom trabalho de equipe já que a sequência do filme, ‘The Scorch Trials’ (Uma Prova de Fogo),  já tem data de estréia para setembro de 2015.

* – Termo utilizado para designar pessoas que admiram e discutem os relacionamentos românticos entre personagens fictícios e celebridades.

Publicado por Arthur Aguilhar em 11.10

O site de notícias Sugar Scape fez uma entrevista com o elenco de The Maze Runner durante a estadia dos atores em Londres para a divulgação do filme. Confira a matéria abaixo:

 De alguma forma, resisti à vontade de lamber o rosto do Dylan.

Visto que passamos aproximadamente 95% de nossas vidas buscando no Google coisas como “Dylan O’Brien de óculos” e “Dylan O’Brien sem camisa”, nós agarramos a chance de ficar presos em um luxuoso quarto de hotel com ele por 5 minutos há algumas semanas. E nós também somos obcecados com The Maze Runner, seu novo filme com Will Poulter, Kaya Scodelario, Thomas Brodie-Sangster e Aml Ameen.

Sim – sendo as pequenas salsichas sorrateiras que somos, nós conversamos com o elenco do filme para falar de tudo, desde os momentos mais embaraçosos até… é… Ed Sheeran, obviamente.

Quer saber quais momentos embaraçosos o elenco quer apagar de sua memória para sempre? Ah, e com quem eles iriam querer ficar presos na Clareira? DYLAN VAI FORMAR UMA BOYBAND COM OS OUTROS RAPAZES? Vamos dar uma olhada.

Ah, e nós também propusemos o desafio do cubo mágico em 30 segundos depois de encontrar um item promocional luxuoso na sala de espera. Será que algum deles conseguiu resolvê-lo? AH, ISSO É TENSO, NÃO É?

Você pode conferir a primeira parte da entrevista no vídeo a seguir. Nele, o elenco teve que descrever o filme em apenas 5 palavras. Dylan escolheu “misterioso”, “bem contado”, “cinematográfico” e algo como “uma-história-cheia-de-aventuras-com-adolescentes-nela”. Quando perguntado sobre qual celebridade ele escolheria pra ficar presa com ele na Clareira, Dylan disse que seria muito legal ter Ed Sheeran lá porque acha ele um cara incrível.

O vídeo será legendado em breve.

Na segunda parte da entrevista, foi entregue ao elenco um cubo mágico com as fotos de cada um deles, que deveria ser montado em 30 segundos. Bom, pelo menos um lado do cubo. Basicamente, Dylan só conseguiu montar a parte central das fotos e disse que isso seria o melhor que ele conseguiria fazer. Assista:

 

O vídeo será legendado em breve.
 

Tradução e adaptação: Equipe Dylan O’Brien Brasil

Publicado por Arthur Aguilhar em 11.10

Dazed and Confused Magazine publicou em seu site uma entrevista com Dylan O’Brien, na qual o ator falou sobre as filmagens de The Maze Runner, sua preparação para o teste de Thomas e como era sua relação com o elenco durante as gravações. Confira a matéria:

A estrela de The Maze Runner tenta nos convencer de que ele só rola para fora da cama

e revela como um corte de cabelo quase o fez perder seu papel.

“Eu dormi por umas duas semanas após a filmagem do filme.”

Ele está falando sobre as 14 horas de atuação que teve que fazer para o seu novo filme The Maze Runner. Meio que cria inveja sobre o treino insano:

“Eu não acho que algum dia irei me recuperar”, ele ri.

O filme é uma adaptação do livro de James Dashner, The Maze Runner, sobre um grupo de meninos que estão presos no meio de um labirinto. Todas as noites, os portões do labirinto são abertos e os corredores tentam mapear todas as possíveis rotas de fuga. Tudo está normal até que um dia uma garota chega para agitar as coisas e a promessa de regulares promissões é arrancada deles. É como um encontro de Lost com Senhor das Moscas.

O’Brien – mais conhecido como o engraçado Stiles em Teen Wolf, da MTV – tem sorte de ter tudo funcionando. Mas é a praticidade que vai ajudá-lo a ficar longe de todos os fãs raivosos. Talvez seja coincidência, mas uma multidão de fãs adolescentes estavam em frente ao hotel onde nos encontramos. Ele é propriedade quente agora que o filme já arrecadou mais de $32 mil em sua semana de estréia nos EUA. A sequência já está em produção. Quando ele estava fora de serviço como um corredor, ele e alguns outros membros do elenco brincavam com suas armas de Airsoft. Aqui, ele fala sobre seu medo racional de cobras, seu E! True Hollywood Story sobre a pequena liga e o corte de cabelo que quase lhe custou o emprego.

Qual foi sua reação quando soube que haveria domadores de serpentes no set para manter os répteis assassinos em ordem?

Eu tinha um pouco de ansiedade sobre isso, mas apenas antes da primeira noite de filmagem. Eu estava indo para a cama pensando que eu iria ser mordido por uma cobra e na manhã teria que ir para o hospital (risos). Era um set muito engraçado, porque você tem cinco domadores de serpentes que andam ao redor todos os dias com baldes. Tipo – (imita barulho de cobra). Eles sempre vinham até mim e abriam os baldes e eu apenas via um monte delas lá – cascavéis!

Das enormes?

Eles eram uma espécie longa, não realmente enorme. Elas são muito pequenas, cascavéis magricelas, mas no final eram cascavéis, assustadoras!

Você tem medo de cobras?

Sim!

Esse é um medo muito racional. Entrei em uma teia de aranha ontem e depois senti uma aranha rastejando em cima de mim, então eu corri pela casa e arranquei toda a minha roupa.

Mais uma vez, racional. Se é uma viúva negra ou um recluso marrom, isso é racional.

Quando você e Teresa (Kaya Scodelario) chegam no filme, é muito inesperado. Alguma vez você já teve uma chegada inesperada? 

Meu esporte favorito é o baseball e uma das minhas memórias favoritas do baseball é: meu pai sempre trabalhou em dias de semana, então ele nunca podia vir aos meus jogos durante a semana. Ele só poderia fazê-lo nos fins de semana. Foi o meu último ano na pequena liga antes que eu fosse para o grande Diamond. Eu era uma criança pequena e rápida e eu era bom em baseball. Eu sempre sonhei em bater um home run e começar a correr em torno das bases. 

Onde eu joguei, em todos os campos em New Jersey não havia cercas então você nunca poderia bater um home run. Então, quando me mudei para a Califórnia, que era meu último ano na pequena liga dos Diamonds, então, basicamente, era minha última chance. Eu ficava tipo ”eu nunca vou bater um dos grandes”. Eu queria bater um home run durante toda a temporada e, neste jogo que eu tive durante a semana, eu bati dois home run em um jogo. Liguei para o meu pai para contar a ele sobre isso. Ele não estava lá e foi muito triste. Eu queria tanto que o meu pai estivesse lá para ver. Ele falou tipo ”eu vou ver o próximo!”. Então estava na próxima temporada nos desempates, eu não bati outra. Meu pai ainda não tinha me visto bater um home run, então era um dia de semana, jogo de desempate e é, literalmente, o último tempo e eu tenho duas chances. Eu estava no círculo de cobertura olhando para as arquibancadas, porque meu pai estava tentando sair mais cedo o suficiente para me ver jogando, e ele não estava lá, só minha mãe e minha irmã. Então eu fui bater, estava 2 a 1 e eu bati um home run e empatei o jogo. Então, literalmente, eu estava correndo e voltando para a base inicial, meu pai estava na arquibancada e ele disse, literalmente, que ele chegou lá bem antes de eu fazer o home run e ele viu. Foi o momento mais legal da minha vida. Ainda é um dos meus momentos favoritos.

Parece um filme.

Eu sei! É uma daquelas lembranças raras que só funciona assim. Foi uma situação legal. Minha equipe estava literalmente me carregando da base. Nós só empatamos o jogo no último tempo. Eu fiquei tão feliz.

Eu queria saber se você poderia me contar uma versão dramática da história do seu corte de cabelo da MTV.

(risos) Eu posso dramatizá-la um pouco. Houve uma audição… Acho engraçado só porque eu sempre sou um pouco desleixado. Eu nunca vou mudar minha maneira de fazer o meu cabelo, a menos que eu precise e quando estou trabalhando. Então eu geralmente apareço para audições e o que eu costumo ouvir é: “Ele não era bonito o suficiente”, porque eu geralmente vou parecendo um lixo – rolo para fora da cama e vou direto para as audições. Assim, no dia que eu fui para este teste, eu fui direto do set de Teen Wolf, então eu tinha cabelo e maquiagem feito. Eu vou e descubro, mais de um ano depois, que eu não recebi um retorno de chamada por causa do meu cabelo e que Wes (Ball) instantaneamente viu minha fita e disse, “muito chamativo, não vai dar certo, não gosto do cabelo.” Ele me contou isso porque eu nem sequer obtive um retorno por dois meses e então aconteceu de eu ter outra chance, eventualmente, quando ainda não tinham escolhido o ator para o Thomas. Ele ficou tipo, “Eu acho que eu me lembro que era o seu cabelo. Eu aprendi uma grande lição sobre isso, porque eu te julguei pelo seu cabelo.” Não é engraçado?

Isso é ridículo! Prejudicado. Você saiu para alguma noite legal e selvagem em Louisiana?

Sim, as noites em New Orleans eram boas. Todo o nosso elenco adora dançar, por isso tivemos noites dançantes realmente impressionantes em New Orleans. Tínhamos guerras de Airsoft literalmente todas as noites nos corredores do hotel. Foi muito divertido. Às vezes, nos finais de semana, ficávamos até 5 horas acordados. Tínhamos equipes: eu, Thomas (Brodie-Sangster), Kaya (Scodelario) e Alex (Flores) e uma parte do elenco fez um tour pela cidade. Aquilo foi insano. Vimos um jacaré de 4 metros. Nós tivemos um grande condutor do barco que conhecia cada centímetro daquele pântano. Foi muito legal.

Tinha um ”festival de salsicha” às vezes?

Constantemente! Nós nunca chamamos assim, mas éramos sempre nós e Kaya (Scodelario). Tiveram muitas noites em que Kaya estava entre nós como a solitária sem-salsicha (risos). Eu me lembro da Kaya sendo muito engraçada durante as guerras de Airsoft; ela simplesmente gritava e entregava sua localização. Ela continuava indo para a sala, abrindo a porta e atirando em nós. Ela era muito boa nisso, na verdade.

 

Tradução e adaptação: Equipe Dylan O’Brien Brasil

Publicado por Arthur Aguilhar em 08.10

O mais jovem ator do elenco de The Maze Runner, Blake Cooper, concede entrevista ao site alemão MyFanBase e conta sobre uma cena que ocorreu durante as gravações do filme, Veja o trecho abaixo:

 

Como grandes fãs de “Teen Wolf“, nós ouvimos muito sobre o incrível senso de humor e habilidades de improvisação de Dylan O’Brien. Será que isto também entrou em jogo quando vocês estavam trabalhando juntos em “The Maze Runner“?

Claro! Dylan é um dos caras mais engraçados e legais que eu já conheci! Ele também é um ator incrível. Uma vez no set, Dylan tinha uma cena com Thomas Brodie-Sangster, e nessa tomada eles decidiram fazer um beijo! (Eles decidiram fazer isso em um desafio.) Dylan se acovardou, mas Thomas estava realmente indo fazer! Ambos totalmente improvisando aquela “cena” e todo mundo estava morrendo de rir!

 

Tradução e adaptação: Equipe Dylan O’Brien Brasil

Publicado por Juliane Brizola em 08.10

A revista americana Us Weekly listou em seu site 5 coisas que você pode não saber sobre Dylan O’Brien, que acabou de lançar seu novo filme, The Maze Runner, e já tem o título de movie star. Confira a matéria abaixo:

 

Ele alcançou o status de estrela de cinema! Dylan O’Brien já tinha agraciado as telonas antes, mas depois de ter sido um sucesso de bilheteria com seu novo filme The Maze Runner, o público jovem-adulto provavelmente vai pensar nele como mais do que apenas Stiles Stilinski em Teen Wolf, da MTV.

O’Brien, 23, estrela a adaptação cinematográfica do livro jovem-adulto de James Dashner como Thomas, que se encontra preso em um labirinto com uma comunidade de garotos depois de ter sua memória apagada. O filme liderou bilheterias em seu primeiro fim de semana com gritantes US$32,5 milhões, e uma data de lançamento para sua continuação, The Maze Runner: The Scorch Trials, já está marcada para 18 de setembro de 2015.

Antes de assistir outra sessão de Maze Runner, descubra mais 5 coisas que você pode não saber sobre o galã digno de desmaio:

1. Foi um viral!

O’Brien fez o que funcionou para muitos outros: ele começou no YouTube! Filmando de sua cidade natal, Springfield, NJ., a estrela prestes a brotar criou seu próprio canal com 14 para mostrar seu dom na atuação e humor com esquetes rápidas. Uma das mais memoráveis foi uma em que ele usava uma camiseta gola V e cantava Wannabe, das Spice Girls, antes de ser interrompido (sim, pego) por um amigo.

2. Ouçam, senhoritas!

Você sabia que O’Brien fazia parte de uma banda chamada Slow Kids at Play? Sim, o ator é músico também, e ele era baterista no grupo masculino.

Nós tínhamos elementos pop-punk, mas mais praiano, uma vibe reggae. Eu sinto falta de fazer shows. De fazer shows anonimamente também.

Entertainment Weekly, agosto de 2014.

3. Mudança de herói em Teen Wolf

Embora ele proporcione um alívio cômico muito necessário em Teen Wolf como Stiles, O’Brien não faria originalmente esse papel.

Eu ia fazer um teste para Scott, mas eu pedi pra fazer um teste para Stiles em vez disso. Eu estava lendo o roteiro e era pra eu estar lendo a parte do Scott, mas eu não conseguia parar de ler as partes do Stiles. Eu ficava tipo “esse cara é incrível”. E eu sabia de mim mesmo e como eu ia me sair, e eu sou muito mais Stiles do que sou Scott.

Seventeen Magazine, maio de 2011.

4. Sua garota

Sinto muito, ele está comprometido!  O’Brien está namorando a atriz de Under the Dome, Britt Robertson, desde que eles contracenaram juntos no filme The First Time, em 2012. O casal não revela muito sobre o relacionamento (você viu a química entre eles na tela!?) mas arrumam tempo para visitar um ao outro no set. O’Brien voou para Vancouver enquanto Robertson, 24, estava ocupada filmando seu filme com George Clooney, Tomorrowland, em setembro de 2013.

5. Ele é fácil de agradar

O’Brien ama o conforto da família e cozinhar em casa. Em uma entrevista para a Glamour, em outubro de 2012, ele disse que sua refeição favorita é uma combinação sem frescuras de costeletas de frango, arroz e brócolis – acompanhado de uma cerveja gelada! Quanto a sua pessoa favorita para seguir no Twitter?

Minha mãe! Ela twitta e sempre retweeta o que eu escrevo. É bem fofa. Ela tinha aquele ovinho como icon.

 

Tradução e adaptação: Equipe Dylan O’Brien Brasil

Publicado por Arthur Aguilhar em 07.10