RESULTADOS:


A MTV americana publicou ontem (14) mais um vídeo com entrevista do elenco de Maze Runner: Prova de Fogo, incluindo Dylan O’Brien. Desta vez, os atores comentam a respeito do seriado The Walking Dead.

Em “Correr Ou Morrer”, os oponentes mais difíceis que Thomas (Dylan O’Brien) e os clareanos precisaram lidar foram um bando de máquinas biomecânicas assassinas chamadas de Verdugos – as quais, agora que pensamos, são bastante complicadas. Mas, na sequência que está por vir, “Maze Runner: Prova de Fogo”, o grupo terá que lidar com um inimigo muito mais cruel: zumbis!

Ok, ok – no filme, eles são chamados de cranks, mas eles ainda são bastante parecidos com os malvados comedores de cérebro que vemos semanas após semanas em “The Walking Dead” (e também em “Fear the Walking Dead”, obviamente). Então, quando a MTV News sentou-se com o elenco de “Prova de Fogo”, à frente da estreia do filme, nós tivemos que perguntar: qual estrela de “The Walking Dead” os Clareanos trariam com eles para o apocalipse zumbi?

As respostas, surpreendentemente, não foram todas “Daryl”:

Tradução: equipe Dylan O’Brien Brasil

Publicado por Caroline Nobue em 15.09

Na manhã de hoje (14), Dylan O’Brien, Kaya Scodelario, Giancarlo Esposito e Rosa Salazar compareceram ao programa Despierta America, em Miami, para divulgar o novo filme da saga Maze Runner, Prova de Fogo, que estreia ainda essa semana nos cinemas brasileiros. Assim como foi feito no ano passado para a divulgação de Correr ou Morrer, o elenco concedeu entrevistas e tirou fotos descontraídas com os apresentadores. Todas as imagens em alta qualidade estão disponíveis na nossa galeria e você pode conferir clicando nas miniaturas abaixo:

Publicado por Arthur Aguilhar em 14.09

Ontem (13), o elenco divulgou Prova de Fogo em um Q&A que aconteceu em Miami. Confira a seguir fotos e vídeos do evento:


Essa fã teve a sorte de conseguir um vídeo com o Dylan!

Confira todas as fotos profissionais do evento clicando nas miniaturas abaixo:

Publicado por Priscila Silvestrone em 14.09

O Yahoo! Movies divulgou um vídeo em que Dylan O’Brien, Ki Hong Lee, Thomas Sangster e Kaya Scodelario participam de um quiz proposto pelo site, no qual o elenco conta algumas curiosidades sobre as gravações de Prova de Fogo. Além disso, o repórter contou ao Dylan que ele é a celebridade mais popular no Tumblr e o ator se mostrou impressionado! Assista ao vídeo legendado pela nossa equipe:

Publicado por Arthur Aguilhar em 13.09

Como todos sabem, o elenco de Prova de Fogo passou as últimas semanas divulgando o filme e concedendo entrevistas. O site Yahoo! conversou com Dylan O’Brien, Kaya Scodelario, Ki Hong Lee, Dexter Darden e Thomas Sangster e fez perguntas enviadas pelos fãs via Tumblr. O vídeo foi legendado pela nossa equipe e você pode conferir no player abaixo:

Publicado por Arthur Aguilhar em 13.09

Nas últimas semanas, Dylan O’Brien concedeu várias entrevistas juntamente com o elenco de Prova de Fogo, durante a divulgação do filme. O brasileiro Fábio Borges representou o nosso país e conversou com o ator, que, ao saber que tem muitos fãs no Brasil, disse:

Eu amo o Brasil! Eu costumava jogar como Brasil no meu jogo da FIFA quando tinha 13 anos.

Dylan ainda contou que Ronaldinho era seu jogador preferido, porque sempre ganhava quando o escolhia. Assista à entrevista completa abaixo:

Estamos esperando a visita do Dylan ao nosso país, né?! 😛 Prova de Fogo tem estreia marcada para o dia 17 de Setembro no Brasil.

Publicado por Arthur Aguilhar em 13.09

Durante a divulgação de Prova de Fogo em Los Angeles, a repórter brasileira Cleide Klock conversou com o elenco e com o diretor do filme para o SBT. Durante a entrevista, Dylan contou sobre a diferença em relação ao primeiro longa da saga e sobre sua carreira, citando, inclusive, a época em que fazia vídeos para o seu canal no YouTube. Assista à reportagem abaixo:

Caso o player não esteja disponível, clique aqui.

A estreia de Prova de Fogo acontece ainda essa semana no Brasil, na próxima quinta-feira (17/09).

Publicado por Arthur Aguilhar em 13.09

No último dia 07, o site colombiano Publimetro publicou uma matéria com a entrevista que Dylan O’Brien concedeu a Fabián W. Waintal. Durante a conversa, o ator falou sobre os desafios de Maze Runner e sagas como Jogos Vorazes e Divergente, além do amadurecimento proporcionado por Teen Wolf. Leia a matéria completa abaixo:

Dylan O’Brien: “Como ator, você quer fazer personagens diferentes”

O’Brien, que já havia conseguido popularidade entre o público mais jovem através da série da MTV, Teen Wolf, foi para o cinema para protagonizar o segundo filme da saga Maze Runner,  Prova de Fogo, cujo estilo pode ser comparado ao de Jogos Vorazes (até mesmo o título se parece com Em Chamas). O ator de Nova Iorque, de 24 anos, fala sobre suas experiências nas gravações.


Por que você acha que o cinema mostrar uma obsessão por controlar a sociedade para os jovens faz tanto sucesso?

Por causa da Jennifer Lawrence?! (Risos)

E você acredita que os filmes de Maze Runner podem se transformar em uma nova obsessão, como a versão masculina da Jennifer  Lawrence em Jogos Vorazes?

Por sorte, nunca pensei nisso antes. Honestamente, eu nunca pensei. Coisas assim sempre explodem depois de determinados filmes. A produção não foi tão grande no início, foi uma escala muito menor, havia limites econômicos por todos os lados. É por isso que eu nunca senti que eu estava fazendo a próxima versão da Katniss em Jogos Vorazes. Eu nunca senti esse peso e ainda não sinto, porque eu sou um homem (risos). Mas eu sempre amei história e foi um milagre ter conseguido com um orçamento tão baixo. Quando as pessoas me perguntam como é estar em uma superprodução como essa, eu me sinto ótimo por isso.

E, pessoalmente, você gosta dos filmes de Jogos Vorazes e Divergente?

Sim, claro. E é uma honra estar em uma conversa onde eles podem me comparar com esses filmes. Eu aceito de braços abertos (risos). Os estilos podem ser similares, mas também são filmes diferentes. Fisicamente, a energia é bastante diferente. Nosso filme é muito mais lento e mais dramático.

Se você pudesse ser qualquer um dos super-herois dos filmes, quem você escolheria?

Homem-Aranha, sem dúvidas. A roupa me serviria muito bem (risos).

E nós poderíamos comparar os seus personagens de Teen Wolf e Maze Runner?

Os dois têm nomes diferentes (risos). É algo que eu penso bastante… Como ator, você quer fazer personagens diferentes. E eu vejo muitas diferenças, mas eu sei que ambos têm coisas minhas que aparecem no personagem, porque é algo que não posso controlar e nem pretendo evitá-las, porque eu também quero que pareça real. Thomas, em Maze Runner, é muito mais calmo e introvertido, mais parecido comigo. E Stiles, em Teen Wolf, acho que tem o meu lado brincalhão.

Depois de cinco temporadas na série Teen Wolf, o que você diria que é a maior mudança em sua personalidade e caráter, além da fama?

Eu cresci muito, especialmente depois de ter sido possuído na temporada anterior (risos). Eu saí muito mais forte, então eu também cresci como pessoa. Antes, por exemplo, o meu personagem em Teen Wolf corria atrás de uma mulher que nem sequer o queria, e agora aceita a amizade sem forçar ninguém, coisas assim. Ambos amadurecemos nesse sentido.

 

A mãe, Lisa Rhodes, trabalhava como atriz e tinha uma escola de teatro quando Dylan O’Brien nasceu em Nova York, em 26 de agosto de 1991. Seu pai, Patrick O’Brien, é cinegrafista. Por isso, a família mudou-se para mais perto de Hollywood, para a praia de Hermosa Beach, quando Dylan tinha 12 anos.

Nessa época, ele pensava em estudar cinema, para seguir os passos do pai. Mas os planos mudaram quando estava perto de se inscrever na universidade e chegou a oportunidade de fazer uma audição para uma série de TV inspirada no filme Teen Wolf, que Michael J. Fox havia protagonizado nos anos 80.

No começo, haviam considerado Dylan para o papel principal, do lobisomem adolescente, mas ele se interessou mais em interpretar o amigo Stiles. E em uma época onde os vampiros e lobisomens eram a nova paixão do mundo juvenil, Dylan O’Brien também conheceu a fama antes de aparecer no cinema com a comédia Os Estagiários, com Vince Vaughn e Owen Wilson, e agora  protagoniza o segundo filme da série Maze Runner, Prova de Fogo.

 

Qual foi a diferença entre passar da TV para uma superprodução do cinema?

É uma boa pergunta, porque tem muito mais diferenças do que eu podia imaginar, entre gravar um filme e uma série de TV. É interessante que foi parecido com minha experiência em Teen Wolf por causa das restrições, onde sempre temos que filmar rápido e não temos tempo nem orçamento, ainda que pareça um filme de cem milhões de dólares.

E a mudança da comédia para a ação?

O bom da atuação é sempre poder ter trabalhos diferentes. Ter feito uma comédia como Os Estagiários e entrar em um filme de ação como Maze Runner… Não posso pedir mais nada. Fisicamente exigiu muito mais. O engraçado é que nunca nos pediram para correr nas audições. Nunca corri. Mas até agora, foi a melhor experiência que tive, por mais difícil que tenha sido trabalhar para fazer o filme que fizemos.

É verdade que teve que passar por quatro provas de audição para conseguir o papel principal em Maze Runner?

Sim, é o normal. O legal é que na primeira vez não me chamaram por quase dois meses. O diretor pensava que meu cabelo era “muito MTV”. Esse foi o pensamento até que ele me viu com um outro corte de cabelo comum e me chamou novamente. No final tudo funcionou bem.

 

Como um corredor de labirinto, Dylan O’Brien parecia que estava seguindo os passos de Jennifer Lawrence em Jogos Vorazes ou Shailene Wodley em Divergente. Mas o segundo filme de Maze RunnerProva de Fogo, está mais perto de The Walking Dead e Resident Evil do que de Jogos Vorazes.

Dessa vez, a história não tem labirintos e conta a aventura de um grupo de jovens presos em um laboratório científico, onde podem acabar sendo o experimento para a cura da doença mortal à qual são imunes. E, enquanto o personagem de Dylan tenta lembrar do seu passado, ele ainda arrisca sua vida por seus amigos.

 

Na vida real, você arriscaria sua vida por seus amigos?

Se pensar duas vezes, eu não sei. Mas instintivamente sempre sou aquele que se levanta para defender os amigos se alguém os perturba. Sou capaz de matar (risos). Não, não tanto, mas sou muito protetor com quem eu amo.  Mas sacrifício é outra coisa, não acredito que viverei situações assim na vida. Teria que viver para saber como eu reagiria de verdade.

E com o personagem de Teresa (Kaya Scodelario), há algum romance ou são só amigos?

Há uma certa relação, mas não é nada romântico e acredito que esteja tudo bem. Me parece perfeito evitar os clichês. Não temos que nos beijar no final no filme e isso é bom, porque mostra um companheirismo.

É verdade que o primeiro filme havia sido programado para estrear antes e mudaram a data, depois que o estúdio comprou os direitos para filmar a segunda parte do livro The Maze Runner?

Sim, mas o fato de mudar a data de estreia foi uma boa notícia, porque deram mais tempo para o diretor terminar a versão que queria fazer. É uma prova de que gostaram do fizemos e por isso o estúdio também está investindo mais.

No seu caso, qual foi o seu maior investimento como ator em um filme como este?

Foi um desafio, com certeza. Como ator, é um papel pelo qual muitos morreriam, porque ele é uma pessoa comum envolvida em uma situação extraordinária. É o tipo de filme que eu sempre gostei. Foi um desafio e eu estou ansioso para trabalhar em mais filmes como Maze Runner: Prova de Fogo. Pelo menos, eu espero que sim.

E o fato de ter que agir como alguém que perdeu a memória?

É algo ótimo para um ator. É como nascer de novo, porque todos os personagem acordam sem saber onde estão e nem sequer sabem como se chamam. Como pessoa, não é algo que vamos viver, a não ser que tenhamos alguma experiência traumática. E é sempre interessante analisar e descobrir quem realmente somos com o passar do tempo.

Maze Runner: Prova de Fogo estreia na próxima quinta-feira (17) nos cinemas brasileiros.

Tradução e adaptação: Equipe Dylan O’Brien Brasil.

Publicado por Arthur Aguilhar em 13.09